terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Do ano que começa...

Não gosto de fazer listas ou desejos de Ano Novo, mas a verdade é que apesar de não fazer grande alarido a volta da passagem de ano, parece que com o novo ano, ganhamos nova esperança... Nem é de propósito sequer... Já vem connosco...

Então para este novo ano que se avizinha só desejo, para mim e para os meus:

Mais saúde (sempre em primeiro lugar)
Melhor trabalho (melhores condições, mais realização, crescimento e estabilidade)
Mais honestidade e dignidade (longe de serpentes)
Mais aprendizagem
Mais alegria (engloba tudo o que nos faz feliz, viagens, livros, concertos, amigos, amor, casa...)
Com alguns stresses pelo caminho, mas todos ultrapassáveis e necessários para dar mais valor às coisas boas :)

1 comentário:

Green disse...

É isso mesmo, que seja um bom ano :)

Pesquisar neste blogue