sexta-feira, 21 de setembro de 2012

"... a prece que ninguém conhece:"

"É já chegado para mim o instante em que a minha barca vacilante sulcará um mar de música e de canto; tomara que todos os meus órgãos em desacordo se unam para compor um corpo feliz e harmonioso. Quem me dera aprender a viver em concórdia e equilíbrio, com amor e paz. Quem me dera que todos os meus suplícios se fundissem numa música que aplacasse o meu coração e a minha mente com o fulgor da claridade e que a fúria de viver fosse impregnada em mel puro."

 em Miramar, de Naguib Mahfouz

3 comentários:

do Paço disse...

Um dia, Cath.. Um dia, quem sabe, toda a gente conseguirá atingir esse estado de espírito.

A vida é tão nova, pá! Temos, todos, tanto tempo... =)

Belo Texto!

Girl in the Clouds disse...

Bomito!!

Green disse...

:)

Pesquisar neste blogue