sexta-feira, 15 de junho de 2012

Raios partam os sapos!


Às vezes apetece-me explodir. Porquê? Porque vejo coisas que me fazem ferver o sangue e me fazem ficar doente. Então conto até 3 (porque não consigo contar até 10, passo-me!) e respiro fundo e tento engolir o sapo. Só que o sapo desta vez é teimoso e não desce. Então fica ali preso, nem para dentro nem para fora... Estão a ver a cena? Será que alguém percebe? Pois... Apesar de não o conseguir engolir, também não o quero cuspir (ainda) e fico a roer-me toda, isto fica a consumir-me... Mas há coisas que têm o tempo certo para acontecer e neste momento tenho de tentar ao máximo ver se engulo o maldito sapo ou se pelo menos o mantenho onde ele tem estado, porque ainda não é altura de o cuspir cá para fora... Só que depois também não consigo disfarçar, não consigo fingir que está tudo bem, que eu estou bem... A minha cara, a minha expressão, o meu olhar, até a minha voz me denunciam. Deixo automaticamente de conseguir sorrir... God!!!
Além do mais, também não tenho direito de o fazer. O pior é que me sinto como se tivesse, mas na verdade não tenho. Não deveria sentir-me assim... Mas sinto.
E fico assim, com um sapo ENORME entalado, durante mais umas semanas a ver no que dá... Só que isto tá a custar-me tanto. Tanto! Não têm noção... É horrivel.

Tenho pena de não poder falar abertamente sobre o assunto, mas... Como vos disse há coisas que têm de esperar pelo momento certo...

4 comentários:

Soraia disse...

Entendo-te! Isso é terrivel e parece que o momento certo para 'cuspir o sapo' nunca mais chega :P

Tu és especial! Fazes parte do grupo de pessoas que veio comigo do meu blog anterior :p

R* disse...

Infelizmente é um dos meus defeitos.
Não consigo engolir sapos! É que não dá mesmo!

(Eu era a Kitty* do blog Sophie Diary, mas decidi mudar o nome do blog, o link e a minha própria identidade, daí agora ser a R*. Espero poder continuar a contar contigo. Um beijinho**)

Girl in the Clouds disse...

Eu também tenho esse defeito mas estou determinada em mudar!!
Há coisas que não devemos dar importância, só nos consomem!!

Green disse...

Seja o que for, vais ter de deitar o sapo fora ou engoli-lo, é a única forma de resolveres.
Beijinhos.

Pesquisar neste blogue