terça-feira, 22 de maio de 2012

Angústia...

Ontem em conversa com uma amiga, desabafei os meus medos e receios. Odeio expor-me (falar com 500 pessoas sobre determinado assunto da MINHA vida) e não compreendo quem o faz, quem tem necessidade disso... Por isso sempre foi dificil "abrir-me" de verdade a alguém, deitar cá para fora tudo o que me atormenta, e até tudo o que sonho e desejo (por isso tenho um blogue ANÓMINO (ou quase))... Com ela sinto-me livre, porque ela NUNCA me julgou, NUNCA me disse o que eu devia ou não fazer, não é mesquinha, nem cínica, o olhar transmite tranquilidade e Paz, e ela simplesmente me ouve e diz: "Miga, faz o que o teu coração te diz. Relaxa, acalma-te e deixa-te ir, deixa-te levar por ele... E depois logo vês, mas não sofras por atencipação". No geral, a mensagem é sempre esta. Ontem ela disse-me que eu era forte, linda e poderosa (lol, exageraaaada...)e que tinha de mostrar isso mesmo, porque se começar com muita merda posso afugentar quem não quero. E tenho de ouvir o coração e segui-lo... Ela tem razão, mas passar à prática é muito mais dificil. Ignorar atitudes, compreender mentalidades e principalmente saber "lidar com"... Era bom, mas é dificil... Estou sempre com medo de não conseguir, de não saber o que fazer e como o fazer... Tem sido muito dificil para mim relaxar e ser eu, sem medos, sem inseguranças, sem rodeios... Estou constantemente angustiada com o futuro, com o presente e até com o passado, carente em todos os sentidos, sem saber para onde me virar, que direcção seguir...

O meu pai diz que quando algo não tem de ser, não é e pronto. As coisas só acontecem quando têm de acontecer. Compreendo o que ele diz, mas não concordo totalmente. Porque nós cometemos erros e temos de saber lidar com eles, por vezes, até ao fim dos nossos dias. E esses erros levaram a um caminho, que se tivesse sido bem escolhido teria sido diferente... Compreendem? Enfim, às vezes nem eu me compreendo... Sou um ser estranho, complicado. Sempre cheia de dúvidas, sempre questionando tudo... Etc...

Isto tudo para dizer que neste momento, não estou a conseguir lidar comigo mesma e com o que me rodeia. Não sei como faze-lo. E quando não se consegue lidar com algo... Foge-se a sete pés... E foda-se! Nem isso consigo... Não sou capaz de fugir, mas também não consigo lidar com a minha vida... Percebem agora esta puta desta angústia?

1 comentário:

Green disse...

Percebo-te melhor do que pensas, mas estou com a tua amiga, seque o teu coração e esquece o resto, depois terás muito tempo para lidar com as consequências, mas até lá, vive.

Pesquisar neste blogue