segunda-feira, 16 de abril de 2012

Sentimento novo e bom

Pensei em mil maneiras de dizer isto, de contar a história toda e dizer TUDO o que sinto, afinal aqui ninguém me conhece, mas... Até os desconhecidos julgam os outros e neste momento não quero isso, eu sou suficiente para me julgar a mim mesma.
Anda a acontecer uma coisa comigo que ninguém imagina! E se eu contar, NINGUÉM acredita. Nem eu acredito. Estou tão, mas tão feliz... :D Claro que também é o motivo da minha angústia. Afinal, tenho uma relação de 4 anos e tal, quase 5, completamente a ir pelo cano abaixo. E desta vez a culpa é minha. Por diversas razões. A primeira? Não devia ter começado como começou, precipitei-me. Nada melhor para esquecer um amor do que arranjar outro: ERRADO! Até se pode esquecer o amor, mas não se vai amar aquela pessoa da mesma forma. Passei momentos muito bons que me levaram a acreditar que até podia dar, mas... E as borboletas? A vontade louca de beijar? De mimar? Sentir o mimo de volta? E as pernas bambas? E as palpitações? A chama, a paixão...? E o romantismo? Ou a falta dele, que já falei aqui? Sentir que se é amado de uma forma tão única e especial e amar do mesmo modo, que se chega a achar que mais ninguém ama assim... Pois... Isso não aconteceu comigo, realmente. Percebi tudo isto, que andava a esconder de mim mesma há algum tempo, e tenho uma falta de coragem para terminar tudo porque não o quero ver sofrer. Mas... não está a dar... E apercebi-me disso porque houve alguém, que apesar de já cá estar há muito tempo, não estava da forma que está agora. Que me derrete. Me faz perder a força nas pernas ao ponto de quase cair, e ao mesmo tempo me faz flutuar. Que em cada beijo oiço os anjos a cantar. Que me faz fazer coisas que acho que são erradas, mas que quando estou com ele, são as mais certas e as mais perfeitas. E são mesmo, que eu sei, eu sinto. O que é isto ao certo? Ainda não sei... Ainda não sabemos. Quase que aposto. Mas não tenho a certeza. E... Não saber como dizer e explicar isto à pessoa que tenho de dizer parte-me o coração... E apesar de me sentir tão bem com esta nova pessoa, ainda existe a outra, que já percebeu qualquer coisa mas não sabe o que é... Isto deixa-me angustiada... E acabei por contar à mesma...

2 comentários:

Palavra Já Perdida disse...

Acho que deves ser sincera.. porque de uma maneira ou de outra, já vai ficar de coração partido. E mais vale seres tu a contar, do que saber por terceiros. ***

Green disse...

Deves ser sincera com o teu namorado e principalmente contigo mesma. É a única coisa sensata a fazer.
Beijinho e boa sorte para resolveres isso.

Pesquisar neste blogue