quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Poema de amor com 3200/3300 anos

Não é o poema de amor mais antigo da Humanidade, mas é um dos mais antigos que se tem conhecimento.
"A princesa rica em encantos,
Senhora do Afeto, meiga de amor, senhora das duas terras.
Poetisa de lindo semblante
A maior do harém do senhor do palácio.
Tudo que dizeis será feito para vós.
Todas as coisas bonitas de acordo com vosso desejo.
Todas as vossas palavras trazem alegria à face.
Por isso os homens adoram ouvir tua voz."
 
 
Ramsés II à sua amada esposa Nefertari

Pesquisar neste blogue