quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Egipto

Já disse algures neste diário/blog que desde miuda as minhas viagens de sonho são à Grécia e ao Egipto. Desde que o meu boss me pediu para arranjar contactos em Marrocos e na Argélia que a paixão pelo mundo e cultura árabe voltou. Andei a dar umas espreitadelas por blogues, por sites, e a vontade de visitar o Egipto só cresceu. Até tenho uma imagem do templo de Abu Simbel (o da rainha Nefertari) no fundo do ambiente de trabalho para me motivar e inspirar. Sério! É tão... Mágico!! Imponente! :D
Mas certo é que nos próximos tempos não terei hipóteses de o fazer. Tenho de poupar para o carro, e depois se for morar sozinha as coisas ficarão igualmente apertadas. Mas espero que não aconteça mais nenhuma catástrofe natural ou que nenhum ignorante se atreva a destruir os templos, assim como as pirâmides e todos os outros bens arqueológicos, para que um dia mais tarde possa lá ir. Seria uma gaja muito feliz, ao ver tudo aquilo, tenho quase a certeza que choraria. looool. Imagino-me lá... A transportar-me para 3000, 4000 anos atrás e imaginar como seria naquele tempo...
Tenho pena de não conhecer melhor a história do Egipto, a sua cultura, tudo o que sei é o que vou lendo na net, mas gostava de aprofundar mais. :)

Se morresse lá, morria feliz. :p Sério sério. :)

5 comentários:

Soraia B. disse...

Leva contigo!
Adorava ir ao Egipto e a Grécia. Sempre gostei daquelas histórias sobre os faraós e quando vi o filme Mamma Mia fiquei cheia de vontade de ir a Grécia :P

Green disse...

acho que fazes muito bem em ter objectivos e deves lutar para conquistar esses sonhos :)

Ana disse...

Por acaso já estive nos dois países. Não, não ando a nadar em dinheiro nem viajo frequentemente, mas tive a sorte de trabalhar numa empresa que todos os anos oferecia viagens aos funcionários, ou seja, fui sem pagar um tostão.
Posso-te dizer que a Grécia é um país lindíssimo. A cidade de Atenas é especial e fez-me sentir em casa. Lembro-me de passear pelas ruas às 3 e 4 da manhã sem sentir qualquer tipo de insegurança. A cidade de Delfos é qualquer coisa de mágica com todos aqueles templos que nos transportam para os filmes sobre a antiguidade grega. As ilhas... ai as ilhas nem têm explicação! Lindas, perfeitas, e com uma vida nocturna incansável! Mykonos e Santorini são lugares obrigatórios. Dava tudo para poder lá voltar um dia!
Quanto ao Egipto... bom, a desilusão foi total. Tirando a magia inegável das Pirâmides (sim, é uma sensação única estar ali perante tudo aquilo), tudo o resto foi desastroso. A cidade do Cairo é um nojo. Miséria e mais miséria, prédios feios, sujos e velhos. A cada meia dúzia de passos que dava, havia uma mão a agarrar-me o braço para "pedir" esmola. Tudo é sombrio e estranho. A cidade é um caos. No grandioso museu do Cairo não se respira. O calor (que chegava aos 50º) é peganhento, o ar parece uma enorme nuvem de vapor, o cheiro é agoniante. Detestei aquilo tudo. Até da voltinha de camelo que eu tinha programado dar junto às pirâmides, eu desisti. Os desgraçados estão cheios de carraças!

Desculpa se me alonguei no comentário, mas não quis deixar de partilhar um pouco daquilo que senti em cada um destes lugares, tão tão diferentes. Espero que consigas realizar o teu desejo. Como deves ter percebido, aconselho-te vivamente a viagem à Grécia! :-)

Martinha disse...

Um dia quem sabe poderás fazer essas visitas de sonho. :)

Raquel disse...

Quem me dera ir ao Egipto! Deve ser mesmo altamente... Mas vá primeiro vai ser o meu interrail...
Beijinhos Catherine! :D

Pesquisar neste blogue