sexta-feira, 6 de agosto de 2010

História para mais tarde recordar... 2

Não sei se já contei esta história, mas aqui fica...
Era eu uma criancinha de 3 anos quando via o Touché ao ataque. Confesso que me lembro muito mal, e que só consigo visualizar uma tartaruga muito corajosa. É como o Vitinho, lembro-me de ver, mas a imagem não é clara no meu cérebro.



Houve um dia, tinha eu três anos de idade, que os meus pais foram para o terreno de um familiar ajudar a apanhar azeitona e eu fui também para não ficar sozinha em casa. Geralmente não era miúda de terem de andar sempre a repreender ou a olhar preocupados, mas nesse dia... enganaram-se...
O familiar tinha uma cabra lá no terreno, chamada Estrela, e do que me fui eu lembrar? Pegar numa vara dessas da azeitona e apontá-la à Estrela dizendo com um ar muito sério "Touché ao ataque!!!!" e pimba! Batia com a vara no animal. E repeti a dose, vara na mão apontada à Estrela "Touché ao ataque!!!" e Toma! Mais uma paulada. Voltei a repetir a proeza de intimidar o inimigo, que naquele caso era um animal indefeso e duas vezes em altura maior que eu. Estava já em posição de ataque quando a Estrela se passa dos carretos e vem na minha direcção cheia de fúria, me tomba e mete os joelhos em cima do meu peito frágil tentando "marrar-me". Os meus pais vieram logo em meu auxílio.
Verdade é que apesar de ter sido um episódio que poderia ter corrido muito mal, fui gozada até praí aos 12 anos quando vinha cá alguém a casa (ou íamos nós), ou via-se uma cabra, ou os meus pais simplesmente se lembrassem do acontecimento. Eu ficava sempre com cara de poucos amigos e sentia-me humilhada.
Hoje em dia sou eu que conto a história às gargalhadas, quando me lembro.

Moral da história: As cabras a partir desse dia começaram a ser vistas por mim com desconfiança. As de 4 pernas com respeito também, as de 2 apenas com desprezo e alguma cautela. :)

P.S. - Como sabem adoro animais e já naquele tempo adorava os meus cães e gatos, e era impossível maltratar um animal para meu gozo. Com 3 anos era quase impossível pegar na vara, quanto mais magoar a cabra. Eu não a queria magoar, só queria brincar e não tinha com quem. :(

P.S.2 - Obrigada pelas palavras no post anterior. É triste quando gostamos de uma pessoa uma vida inteira e depois percebemos que essa pessoa não correspondia nem com o carinho, nem com a amizade. E o pior? Sendo do próprio sangue... Gostei das palavras de todos. :) Fizeram-me sentir melhor. :) Obrigada xuxus. *****

11 comentários:

Olhos Dourados disse...

Eu lembro-me disso!! A minha prima até meteu o nome Touché ao cão por causa disso!

Atena disse...

Hilariante mesmo...
Nem imaginas o que me ri!!!

Também me lembro desses desenhos animados!!

Bjito*

ButterFly disse...

Bem dos bonecos não me lembro mesmo...A única coisa com espadas que vem há cabeça é o dartacão. Quanto a episódios desses....Lembro-me com 10 anos ter de subir a uma árvore para fugir de um xibo k me keria marrar.

ButterFly disse...

Bem dos bonecos não me lembro mesmo...A única coisa com espadas que vem há cabeça é o dartacão. Quanto a episódios desses....Lembro-me com 10 anos ter de subir a uma árvore para fugir de um xibo k me keria marrar.

Leila Reis disse...

o que tenho a dizer é que tu eras bem fresca :)

Só Avulso disse...

Ahaha realmente a história tem muita piada! Eu também lembro-me vagamente desses desenhos animados... E sim fazes bem em ter cautela perante as cabras sejam elas de que "espécie" forem. lol

P.S.-o que disse naquele comentário reafirmo, tu vais conseguir ultrapassar essa dor com ou sem ela (ex-amiga). És forte e isso nota-se na maneira como escreves. ;)

beijinhos grande***

nuvem.de.algodão doce disse...

Coitada da cabra ;)
Quando era pequena os meus avós também tinham cabras mas eu nunca tive coragem para me aproximar muito. Tiveste sorte em não ter corrido pior.
*

Sutra disse...

touché angar :P

história engraçada! :)

bj
Sutra

Matilde disse...

ahahah touché :P

fj disse...

ahahahah!!!
fizeste-me rir com este post...depois de ler o post anterior, ao qual nada deixei...apenas li e guardo o comentário sem o publicar...
apenas te digo "como eu te entendo"
bjinhos

*IzzY_MeL* disse...

Aii a Estrela foi mazinha!
Obrigado por não te esqueceres de mim com o link para o novo blog :D
Está estupendo ;)

Beijinhooo*

Pesquisar neste blogue